Mentes que visitam

terça-feira, 13 de junho de 2017

Um a cada dois brasileiros pode comprar automóvel com isenção de impostos.

Publicado por Multas Zero
Voc sabia um a cada dois brasileiros pode comprar automvel com iseno de impostos
Pessoas com deficiência possuem direito garantido por lei de receberem a isenção de ICMS (Convênio 38), IPI (Instrução Normativa 988 da Receita Federal) e IOF, além de terem também isenção do recolhimento de IPVA. A Lei nº 8.989, de 24 de fevereiro de 1995, ainda é pouco conhecida pela população e muita gente que tem direito a aproveitar esses benefícios e comprar com isenção de impostos acaba não aproveitando por não saber que tem direito. Os benefícios se estendem apessoas com deficiência condutoras ou não e aos familiares e responsáveis legais.
Isso não é tudo. Além de pessoas com deficiência e familiares, pessoas portadoras doenças (câncer, hepatite C, Parkinson, problemas graves de coluna, diabetes, LER/DORT, HIV positivo e hemofílicos) e até os idosostambém têm direito em muitos casos. No total, são mais de 100 milhões de brasileiros que podem ter direito a comprar carros 0 KM com isenções de impostos.
De acordo com o último Censo do IBGE, realizado em 2010, há no país cerca de 46 milhões de brasileiros com alguma deficiência ou mobilidade reduzida. “Além deles, idosos, diabéticos, HIV positivo, pessoas com câncer ou hepatite C, entre outras patologias, podem aproveitar as isenções tributárias que a legislação oferece na hora de comprar um veículo 0KM. Isso inclui pessoas que têm direito, não pela idade ou pelas doenças em si, mas por alguma sequela física ou motora que a idade ou as doenças trazem”, afirma Rodrigo Rosso, presidente Associação Brasileira das Indústrias e Revendedores de Produtos e Serviços para Pessoas com Deficiência (ABRIDEF).
Confira algumas pessoas que têm direito a comprar CARROS 0KM com isenção de impostos:
. Pessoas com deficiência física, condutoras ou não e seus familiares
. Pessoas com deficiências mentais ou intelectuais graves e seus familiares
. Pessoas cegas e familiares
. Paralisia cerebral e familiares
. Síndrome de Down e familiares
. Autistas e familiares
. Amputação ou ausência de membro
. Artrodese e Artrose
. Artrite reumatoide
. AVC (Acidente Vascular Cerebral)
. Câncer de Mama e Linfomas
. Doenças Degenerativas e Neurológicas
. Doenças Renais e Crônicas
. Talidomida
. Mal de Parkinson
. Nanismo
. Esclerose Múltipla
. Escoliose Acentuada
. Hérnia de Disco
. Hemiplegia e Tetraparesia
. Problemas na Coluna Graves e Crônicos
. Monoparesia e Monoplegia
. Prótese Interna e Externa
. Mastectomia
. Dort (LER) e Bursites Graves
. Poliomelite
. Má formação de membros
. Túnel de Carpo e Tendinite Crônica
. Manguito Rotator
. Neuropatias Diabéticas
. Doenças Renais
. Hemofílicos
Fonte: Brasil 247

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Contrato de Namoro? Sim, ele existe!

A fim de afastar o reconhecimento da União Estável, casais estão adotando a chamada DECLARAÇÃO ou CONTRATO de namoro.

Contrato de Namoro Sim ele existe
A declaração de namoro visa declarar que o casal NÃO vive em União Estável, de que são apenas namorados, que não têm o objetivo de constituir família e, principalmente, não contribuem para a constituição de patrimônio comum, apesar de residirem sob o mesmo teto.
  • A união estável é configurada pela convivência pública, contínua e duradoura com o objetivo de constituir família.
  • O namoro, apesar de decorrer da convivência pública, contínua e duradoura, como na união estável, não tem o objetivo de constituir família.

Alguns namorados decidem morar juntos antes do casamento, muitas vezes como uma forma de teste antes de assumir o compromisso do matrimônio, outras vezes por questões de economia, para dividir despesas, entre outros motivos.
Ocorre que muitas vezes, essas pessoas temem que o namoro passe a ser considerado uma união estável, quando de fato este não é o entendimento de ambos os namorados.
Se o namoro for equivocadamente entendido como união estável, poderá acarretar entre os namorados obrigações jurídicas como pensão alimentícia, comunhão de bens e até mesmo herança.
A fim de deixar as coisas "claras", algumas pessoas estão adotando essa modalidade de instrumento, 0 contrato de namoro ou declaração de namoro, que nada mais é do que um documento que visa declarar que entre aquelas duas pessoas não há intenção de constituir família naquele momento, que em tese afastaria todas as consequências de uma união estável.
Restando expresso que entre os namorados apenas há uma relação de afeto, contudo, sem consequências jurídicas.

Requisitos da declaração de namoro

Por ser uma inovação que não está descrita em lei, muito se questiona sobre os requisitos do polêmico contrato de namoro.
A doutrina e jurisprudência já consolidam o entendimento de que o instrumento popularmente conhecido como "Contrato de Namoro", firmado com o propósito de afastar ou impedir o reconhecimento da União Estável e seus efeitos, é nulo de pleno direito e por alguns taxado de inexistente.
Como não consta na legislação brasileira, doutrinadores apresentam as regras dos negócios jurídicos em gera, bem como outros princípios do Direito, sendo requisitos para a elaboração do documento:
  • Ambos serem pessoas civilmente capazes;
  • Documento público ou particular contendo data;
  • Ser elaborado de forma escrita (não verbal).
  • Que seja firmado por livre e espontânea vontade;

Natureza Jurídica

A doutrina diz que não há acordo sinalagmático, não há direitos nem obrigações, mas tão somente uma mera declaração de existência de uma situação de fato, a qual nem jurídico é, pois namoro não é conceituado e tampouco discriminado em lei. É um simples acontecimento irrelevante para o Direito.
Assim, a declaração de que existe um namoro entre duas pessoas, é tão lícito e tão válido em nosso ordenamento jurídico quanto é irrelevante e incapaz de gerar efeitos.
O contrato de namoro pode ser útil como um meio prova da inexistência de união estável. Entretanto, havendo comprovação da existência efetiva da união, esse contrato não será capaz de produzir qualquer efeito jurídico.
Embora lícita, a declaração de namoro, firmada em contrato, se extingue com o fim do relacionamento ou quando a relação passa de namoro para União Estável ou Casamento.
Conclui-se, assim, que a proteção patrimonial será alcançada com a elaboração de instrumentos somada à adoção de condutas habituais e jamais centralizada no Contrato de Namoro o qual deveria ser encarado como um mero reforço.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Sabedoria de Avô...

Quando eu for bem velhinho, espero receber a graça de, num dia de domingo, me sentar na poltrona da biblioteca e, bebendo um cálice de Vinho do Porto, dizer a minha neta: 
- Querida, venha cá. Feche a porta com cuidado e sente-se aqui ao meu lado. Tenho umas coisas pra te contar. 

E assim, dizer apontando o indicador para o alto:

- O nome disso não é conselho, isso se chama colaboração! 
Eu vivi, ensinei, aprendi, caí, levantei e cheguei a algumas conclusões.    E agora, do alto dos meus 80 anos, com os ossos frágeis a pele mole e os cabelos brancos, minha alma é o que me resta saudável e forte. Por isso, vou colocar mais ou menos assim: É preciso coragem para ser feliz. Seja valente. Siga sempre seu coração. Para onde ele for, seu sangue, suas veias e seus olhos também irão. Satisfaça seus desejos. Esse é seu direito e obrigação. Entenda que o tempo é um paciente professor que irá te fazer crescer, mas escolha entre ser uma grande menina ou uma menina grande, vai depender só de você. Tenha poucos e bons amigos. Tenha filhos. Tenha um jardim. Aproveite sua casa, mas vá a Fernando de Noronha, a Barcelona e a Austrália. Cuide bem dos seus dentes. Experimente, mude, corte os cabelos. Ame. Ame pra valer, mesmo que ele seja o carteiro. Não corra o risco de envelhecer dizendo "ah, se eu tivesse feito... " Vai que o carteiro ganha na loteria - tudo é possível, e o futuro é imprevisível. Tenha uma vida rica de vida! Viva romances de cinema, contos de fada e casos de novela. Faça sexo, mas não sinta vergonha de preferir fazer amor. E tome conta sempre da sua reputação, ela é um bem inestimável. Porque sim, as pessoas comentam, reparam, e se você der chance elas inventam também detalhes desnecessários. Se for se casar, faça por amor. Não faça por segurança, carinho ou status. A sabedoria convencional recomenda que você se case com alguém parecido com você, mas isso pode ser um saco! Prefira a recomendação da natureza, que com a justificativa de aperfeiçoar os genes na reprodução, sugere que você procure alguém diferente de você. Mas para ter sucesso nessa questão, acredite no olfato e desconfie da visão. É o seu nariz quem diz a verdade quando o assunto é paixão. Faça do fogão, do pente, da caneta, do papel e do armário, seus instrumentos de criação. Leia. Pinte, desenhe, escreva. E por favor, dance, dance, dance até o fim, se não por você, o faça por mim. Compreenda seus pais. Eles te amam para além da sua imaginação, sempre fizeram o melhor que puderam, e sempre farão. Não cultive as mágoas - porque se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que um único pontinho preto num oceano branco deixa tudo cinza. Era só isso minha querida. 

Agora é a sua vez. Por favor, encha mais uma vez minha taça e me conte: como vai você?


segunda-feira, 5 de junho de 2017

Veja tudo o que o WhatsApp sabe sobre você

O aplicativo sabe informações sobre os seus usuários



As redes sociais e aplicativos que usamos reúnem dados pessoais dos usuários e esses dados podem ser usados pelas empresas.  O site Olhar Digital ouviu os responsáveis do Whatsapp, durante um evento no Brasil, e eles revelaram quais as informações que o app guarda.
Pode ficar tranquilo, as suas mensagens são completamente privadas, ainda que a rede saiba, por exemplo, a que grupos pertence.
Veja os seis os pontos que merecem atenção por parte do Whatsapp:
1. O seu último registro online, ou seja, a última vez a que acessou ao aplicativo. Os responsáveis pelo aplicativo asseguram que não guardam qualquer registro histórico dos logins anteriores.
2. Os seus contatos. Na prática, apesar de não saber com quem costuma conversar, os responsáveis do Whatsapp sabem quantos contatos você tem.
3. O dispositivo que utiliza. Quer seja Android, iOS ou Windows Phone, o Whatsapp sabe exatamente qual o tipo de dispositivo utilizado.
4. A versão do aplicativo que você usa. Ao acessar aos servidores do Whatsapp os responsáveis pela rede social saberão se está atualizado ou não, se usa uma versão de teste, ou a mais recente lançada pela empresa.
5. Grupos. Se instalar e desinstalar o app verá que todos os seus grupos estão intactos. Isto porque o Whatsapp armazena essa informação para o caso de, por exemplo, mudar de telefone. As mensagens que trocar, contudo, não serão recuperáveis.
6. O início da sua relação com o Whatsapp. Apesar de não ser armazenado qualquer informação sobre o número de vezes que acessou ao app, o seu primeiro registro como usuário é guardado. Isto porque, caso exista alguma investigação, poderá haver necessidade de provar que é usuário.

Proteja-se (ou livre-se) do vírus que infectou 250 milhões de PCs

O chamado "Fireball" é umm adware; entenda o que é isso

Um novo malware tomou o mundo de assalto nesta semana. Batizado de "Fireball", o vírus infectou mais de 24 milhões de computadores no Brasil, e pelo menos 250 milhões no mundo. Trata-se de um adware - programa que roda aqueles anúncios sem autorização do usuário, deixando o computador lento.

O xis da questão é que o software foi programado para controlar completamente os navegadores Chrome, Firefox, Safari, Internet Explorer. Após tomar o brower, o malware cria uma espécie de espelho, que permite aos hackers visualizar tudo que é feito no PC infectado e está hospedado pelo "Fireball".
Ou seja, se o usuário acessar sites e serviços que exijam senhas, elas ficarão vulneráveis, como redes sociais, banco, arquivos na nuvem. O primeiro passo para se proteger é utilizar anti-vírus para detectar se o malware está no computador. Programas como Avast, Avira e AGV estão atualizados para encontrá-lo.
Outra forma, é reparar se há alguma diferença nos navegadores, como novas extensões, ou páginas favoritas ou até se algum navegador foi baixado para a máquina. Em caso positivo, mude todas as suas senhas usando uma máquina não infectada. Se encontrar programas estranhos instalados delete-os e passe um anti-vírus. Como lembra o Olhar Digital, o sistema operacional da Apple também está suscetível ao "Fireball". Apenas o Linux não foi infectado.

Entenda o porquê da sua preguiça em estudar

Entenda o porqu da sua preguia em estudar
Qual concurseiro não se pega, de vez em quando (ou até com maior frequência), com aquela preguiça em estudar?
Ah, e se levantam várias justificativas: dormiu pouco/muito no dia anterior, matéria/concurso difícil, compromissos pessoais, foi dar uma olhada rápida na TV ou no computador e, de repente, terminou de assistir uma temporada completa daquele seriado…. Enfim, isso realmente justifica a preguiça em estudar?
Assim como realmente só emagrece quem decide mudar seu estilo de vida e hábitos alimentares, um concurseiro só passa a ser vencedor quando ele se visualiza aprovado, tomando posse no cargo, trabalhando na sua repartição, servindo ao povo brasileiro e recebendo com alegria e tranquilidade seu contracheque.
Se você não consegue visualizar isso, eis a razão de sua preguiça em estudar: quem não estabelece a meta de estar aprovado daqui a X meses ou anos, criando metas de curto e médio prazo ao longo do caminho nunca estará realmente disposto a passar pelo difícil caminho que leva a aprovação.
A preguiça leva à desistência de nossos sonhos, porque quem não se vê vitorioso enxergará tudo como barreira.
Sobre o tema, William Douglas diz o seguinte:
Desistir é, num primeiro momento, mais fácil do que persistir. Isto acontece porque para se desistir basta um instante, uma única manifestação de vontade. Não desistir é aparentemente mais difícil, pois depende de constância de propósito, de uma constante renovação de votos, ideais, vontade etc. Contudo, a longo prazo, desistir é muito mais difícil porque apenas quem desiste não chega. Os que não desistem chegam no destino mais cedo ou mais tarde. Quem desiste, passa a vida com a dúvida e/ou com a frustração de não ter continuado”. (SANTOS, William Douglas Resinente dos. Tudo o que você precisa saber sobre como passar em provas e concursos e nunca teve a quem perguntar. Rio de Janeiro, Impetus: 1999, p. 76-77)
Portanto, caro colega, veja sua aprovação em concurso como uma meta atingível e conte conosco, do Método de Aprovação, que podemos ajuda-lo a encurtar esse caminho rumo à vitória. Baixe nosso livro com estratégias de estudo e siga, além desse blog, nossas redes sociais (facebookInstagram e YouTube – hiperlinks) pra ficar sempre antenado em outras dicas.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Quando choro meu país


Quando olho meu Brasil, tão vasto em território e tão pobre em amor dos seus filhos;
Quando o vejo tão rico de sol, vida e luz e tantos dos seus filhos vivendo em condições precárias, onde lhes falecem o direito à saúde do corpo e da alma, pois que carecem investimentos governamentais específicos;
Quando contemplo as manhãs brilhantes, gritando esperança, e observo os interesses de poucos sobrepujando o bem-estar de toda uma nação;
Quando me dou conta de que o país é pleno de riquezas minerais, vegetais, hídricas, que são depreciadas;
Quando percebo que há filhos de extraordinários dotes intelectuais, artísticos, do coração, nesta terra, e os vejo abandonarem estas fronteiras para conseguirem seu lugar ao sol em distantes terras, eu choro.
Choro por saber que este país poderia ser o Eldorado dos milhões de seres que aqui vivem.
Lamento ver criaturas esfarrapadas, quando poderiam estar vestindo a camisa do país, no verdadeiro sentido;
Lamento ouvir queixumes, críticas e desaires a respeito de uma terra tão promissora e generosa.
Nesse dia de dores, coloco o hino pátrio para ouvir, bem alto. E penso como seria bom se ele fosse mais ouvido, mais cantado, mais pensado, mais vivido.
E, enquanto os versos musicais se sucedem, enaltecendo a pátria-mãe gentil, seus dotes físicos, a riqueza sem par destas matas, penso que é tempo de nós, brasileiros, despertarmos.
É hora de sacudir a poeira do comodismo e lutar por um país mais justo, onde seus filhos vivam em plenitude.
Onde seus filhos nasçam, com a certeza de que a mãe gentil lhes dará abrigo ao corpo, alimento ao Espírito.
Um país onde se privilegie a instrução, não como algo demagógico, para ser acionado em momentos de estratégia política, mas sim com o objetivo de ilustrar as mentes privilegiadas que somos todos, na qualidade de Espíritos imortais.
Um país onde se possa ostentar não somente as valiosas medalhas conquistadas no atletismo, no esporte, mas igualmente se coloque no peito dos que o servem com dedicação, as medalhas de ouro da gratidão.
Um país onde Ordem e Progresso não sejam somente uma legenda na bandeira.
Mas, sobretudo, uma meta gravada no coração de cada filho seu, nascido em sua terra ou adotado de distantes paragens.
Tudo isso não é utopia.
É possível no hoje e no agora. Será suficiente que cada um de nós ponha em prática sua condição de cidadão consciente dos seus deveres, de forma prioritária.
Estudar, trabalhar, mostrando que filho desta terra, legítimo herdeiro das suas riquezas, somente é aquele que a dignifica com inteligência e suor.
* * *
Amemos nosso país, investindo na cultura, no bem, na justiça.
Orgulhemo-nos do verde da esperança, do amarelo que traduz a intelectualidade, do azul da harmonia e do branco da paz.
Nesse dia, ufanemo-nos, cantando:
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.
Ó, pátria amada
Idolatrada...
És tu, Brasil.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Os 10 hábitos dos estudantes altamente eficazes

Os 10 hbitos dos Estudantes Altamente Eficazes
Podemos notar que, a cada ano que passa, além da dificuldade, a quantidade de matérias e conteúdos cobrados em concurso aumenta cada vez mais. Independentemente de sua disponibilidade de tempo, todo concurseiro almeja aprender novas técnicas e formas de estudar para conseguir dar conta de seus estudos, além dos demais afazeres, como trabalho, atividades físicas, lazer etc.
O educador norte-americano Becton Loveless compilou 10 hábitos que ele reputa darem maior eficácia aos estudos, os quais resumimos e adaptamos abaixo (pra quem quiser ver o texto original, em inglês, clique aqui).
  1. Não tente condensar todo o seu tempo de estudo diário em apenas um bloco.
Se você fica até tarde da noite gastando mais energia tentando manter suas pálpebras abertas do que estudando, tá na hora de mudar! Os alunos bem sucedidos tipicamente espaçam o seu estudo por períodos mais curtos de tempo e raramente condensam-no todo em apenas uma ou duas sessões. Se você quer se tornar um aluno bem sucedido, então precisa aprender a ser consistente em seus estudos e ter períodos regulares, mas mais curtos, de estudo. Ex. Ao invés de estudar por 3 horas seguidas uma matéria, busque estudar por 50 ou 55 minutos, usando 10 ou 5 minutos para ir ao banheiro, esticar as pernas, fazer um alongamento etc. Antes de retornar aos estudos.
2. Faça planejamento de estudos.
Os alunos bem sucedidos reservam horários específicos para os estudos e realmente usam desse tempo para o estudo. Quem só estuda esporadicamente e sem planejamento acaba não se saindo tão bem quanto aquele que tem um cronograma de estudo definido. Uma boa estratégia é reservar um dia da semana para fazer o planejamento de estudos da semana seguinte. Domingo parece ser o melhor dia para fazê-lo. Assim, você poupa preciosos minutos e não precisa pegar parte de sua rotina de estudos ao longo da semana para planejar o que, como, onde e por onde estudará.
3. Estabeleça um horário certo de estudos.
Não só é importante que você planeje quando você vai estudar, mas também que crie uma rotina de estudo consistente e diária. Quando você estuda todo dia em um horário pré-estabelecido, estudar se torna um hábito em sua vida, como escovar os dentes. Você estará mental e emocionalmente mais preparado para cada sessão de estudo e cada sessão de estudo se tornará mais produtiva. Imprevistos podem acontecer, mas volte à sua rotina assim que o problema tiver se resolvido. Uma alternativa para esses imprevistos é reservar um dia ou horário da semana para estudar aquilo que se perdeu por conta de outros compromissos. Mas use essa tática com parcimônia!
4. Cada tempo de estudo deve ter um objetivo específico.
Estudar sem estabelecer uma meta é ineficaz: estabeleça o que pretende realizar durante cada sessão de estudo. Antes de começar a estudar, defina uma meta de sessão de estudo que dê suporte o seu objetivo (ex. Resolver questões sobre a matéria estudada no dia anterior).
5. Nunca procrastine sua sessão de estudo planejada.
É muito fácil e comum adiar a sessão de estudo por causa da falta de interesse no assunto, porque você tem outras coisas que precisa fazer, ou apenas porque a matéria é difícil. Os alunos bem sucedidos não procrastinam nos estudos. Se você procrastinar sua sessão de estudo, o seu estudo vai se tornar muito menos eficaz e você não conseguir dar conta de tudo que precisa estudar. A procrastinação também leva à pressa, que sabemos ser a inimiga da perfeição.
6. Comece seu tempo de estudo com o assunto mais difícil.
Como a matéria mais difícil exigirá maior esforço e energia mental, você deve começar com ele primeiro. Depois de concluir essa parte, será muito mais fácil seguir para outras matérias. Começar com o assunto mais difícil tornará mais eficazes suas sessões de estudo. Caso estude mais de uma matéria por dia, uma boa forma de se manter concentrado é variar também a forma de abordagem: ex. Na matéria 1, mais difícil, estudo pelo livro ou resumo; a matéria 2 estudo por meio de questões; na matéria 3, assisto uma vídeo-aula etc.
7. Sempre revise suas anotações antes de retomar os estudos ou iniciar um novo tópico.
Certifique-se de ter boas anotações ou resumos, preferencialmente elaborados por você. Antes de iniciar cada sessão de estudo, revise suas anotações para certificar-se de que apre (e) ndeu o conteúdo. As anotações são boas tanto quando você interrompeu um assunto e, antes de retomá-lo, revisa o que já estudou, como serão úteis em outros tópicos daquela matéria ou mesmo de outras. Por exemplo, ao revisar atos administrativos, isso ajudará na compreensão do Poder de Polícia, também visto em Direito Administrativo, mas também será útil na compreensão da natureza jurídica das taxas, em Direito Tributário.
8. Certifique-se de que você não está distraído enquanto está estudando.
Todo mundo fica distraído por alguma coisa (TV, família, outras preocupações etc). Tem gente até que se desconcentra com o silêncio absoluto! Quando está distraído enquanto estuda, você (1) perde o “fio da meada” e (2) perde a concentração, inevitavelmente levando-o a um estudo ineficaz e, pior, sem ter assimilado o conteúdo que deveria estudar. Antes de começar, procure um lugar onde não seja perturbado ou distraído. Para algumas pessoas, isso pode ser uma cabine de estudos numa biblioteca. Para outros, numa área comum onde há um pouco de ruído de fundo.
9. Use grupos de estudo de forma eficaz.
Trabalhar em grupos permite-lhe (1) obter ajuda de outros quando você está lutando para entender um conceito (quem nunca, nos tempos de escola, não fez uma revisão final de matemática com um colega mais entendido do assunto?), (2) resolver questões mais rapidamente, e (3) ensinar outros, lembrando que ao ajudar outros colegas, não somente eles absorvem o conteúdo, como você também – há, inclusive, estudos indicando que uma das formas mais eficientes de retenção de conteúdo estudado é dar uma aula sobre ele. Vale, no entanto, atentar para a escolha dos integrantes do grupo, a fim de se evitar devaneios ou perda de tempo – o preferencial é que se monte pequenos grupos, com colegas comprometidos e focados em destinar aquelas horas especificamente ao conteúdo a ser estudado, revisado e/ou resolvido por questões.
10. Revise suas anotações e materiais durante o fim de semana (ou em outro dia específico).
Os alunos bem sucedidos analisam o que aprenderam durante a semana durante o fim de semana ou em outro dia certo. Uma outra boa sugestão é fazer revisão diariamente, pra não acumular tantos conteúdos a serem revistos num dia só. Ao revisar, você consolida o que já estudou e “prepara o terreno” para os próximos conteúdos a serem estudados – sem contar a possibilidade de ajudar a ter uma visão interdisciplinar, holística do conteúdo, como no exemplo dado no item 7, acima.
Seguindo as dicas acima, certamente você se tornará um estudante mais capacitado, organizado e eficiente nos estudos. Agora, mãos à obra!

terça-feira, 9 de maio de 2017

Sua memória vai mal na hora de estudar? Veja como se livrar desse problema

Sua memria vai mal na hora de estudar Veja como se livrar desse problema
Ter uma boa memória é uma das habilidades mais cobiçada pelos concurseiros. Ao realizar o seu planejamento de estudos para concursos públicos, é essencial que seu tempo seja otimizado e, uma boa memória é de grande utilidade.
O campeão americano de memória, Nelson Dellis, dá algumas dicas para desenvolver a capacidade de memorização e recobrar informações do cérebro quando precisar.

Treino e exercício

Nelson Dellis deixa claro que sua memória impressionante – ele é capaz de decorar a ordem das cartas de um baralho todo em apenas 40 segundos – é fruto de treino. Desde que sua avó que sofria do Mal de Alzheimer faleceu, Nelson se dedicou à pesquisa do mecanismo da memória e descobriu que ela é perfeitamente treinável.
Essa informação é corroborada por neurologistas, os quais afirmam que, mesmo que a genética e o avanço da idade prejudiquem a capacidade de memorização, é possível recuperar a agilidade mental e manter o cérebro em bom funcionamento por mais tempo simplesmente adotando alguns hábitos.
Veja abaixo algumas dicas para manter sua memória ativa e em constante progresso.

Associe um fato à uma imagem

O campeão de memória acredita que quando uma informação não é armazenada no cérebro é porque ela não recebeu a atenção que  demanda ou não houve uma conexão forte o suficiente para que o cérebro a registrasse.
Nelson explica que a técnica que utiliza para memorizar tudo o que        vê pela frente é muito mais fácil do que se pensa, mas é preciso treino. De acordo com o campeão de memória, uma das melhores maneiras de se lembrar de algo é associar o que se está estudando, por exemplo, à uma imagem.
Mas, atenção, quanto mais marcantes forem as imagens utilizadas para associar com as informações estudadas, mais fácil se dará a memorização.

Exercite o seu cérebro e melhore                                a qualidade de seus estudos

Não são só os músculos que devem ser exercitados para trabalharem melhor. O cérebro também responde bem aos exercícios e sua memória pode melhorar significativamente com exercícios diários.
Mas, afinal, como exercitar o cérebro? O importante é não ficar parado: fazer palavras cruzadas, aprender um novo idioma, etc., são atividades que contribuem para manter a mente saudável. Esses tipos de exercícios, chamados de exercícios mnemônicos pelos especialistas, têm sido utilizados desde a Grécia antiga e ainda mostram resultados surpreendentes.
Por isso, escolha algo que goste de fazer e coloque seu cérebro para trabalhar.

O bom humor é essencial para se ter uma           boa memória

Manter o bom humor é tão importante para a memória quanto praticar exercícios físicos e ter hábitos alimentares saudáveis. Tanto Nelson como neurologistas concordam que o bom humor é fundamental para que o cérebro funcione corretamente e desempenhe suas funções com eficiência.
Nelson ainda explica que uma memória 100% eficaz é algo que não existe, pois mesmo ele esquece as coisas. Segundo o campeão de memória, os treinos e a mudança de estilo de vida, inclusive viver uma vida com mais leveza e bom humor, podem ser muito úteis para a melhora do desempenho da memória nos estudos e na vida.
E você? Tem problemas para memorizar o que estuda? Uma boa metodologia de estudo também pode ser essencial para melhorar o aproveitamento de seus estudos.

terça-feira, 2 de maio de 2017

Diários e Scripts de Orson Welles dirigem para o Arquivo



Jeanne Moreau e Orson Welles em seu filme de 1965, "Chimes at Midnight". O roteiro fortemente anotado de Welles para o filme está entre os itens recentemente adquiridos pela Universidade de Michigan de sua filha mais nova, Beatrice Welles. CréditoJanus Films

Cartas, cartões postais, diários e doodles de um adolescente Orson Welles, juntamente com inéditos roteiros de seus muitos projetos incompletos dos anos 50 e 60, foram adquiridos pela Universidade de Michigan . Os artigos, que vieram de sua filha mais nova, Beatrice Welles, adicionam ao já extenso trove de memorabilia de Welles que a universidade prende como parte de sua coleção das Mavericks & dos fabricantes das artes da tela .
As novas aquisições incluem scripts pesadamente anotados para filmes bem conhecidos como "Chimes at Midnight" e "The Immortal Story". Mas também no arquivo estão roteiros que estudiosos e fãs de Welles, que morreram em 1985 , ouviram falar mas nunca viram , De seus muitos, muitos projetos que não alcançaram a tela. Entre eles, os roteiros de "Ulysses", "The Unthinking Lobster" e "Operation Cinderella". Há também um roteiro para "Fountain of Youth ", o piloto de uma série de televisão para Desilu Productions; O piloto chegou ao ar e ganhou um Peabody, mas a série nunca foi produzida.

foto

A cópia anotada de Welles de seu certificado para "Chimes em Meia-Noite." Propriedade decréditode Orson Welles / biblioteca da universidade de Michigan, coleção especial

"É uma espécie de peça perdida do quebra-cabeças de Welles, que documenta um período em que as pessoas não tiveram a oportunidade de ver material original", disse Philip Hallman, curador da coleção, acrescentando: "Isso realmente mostra quão produtivo Ele foi durante este período. É volumoso, a montanha de roteiros que ele estava escrevendo. "
Welles, cuja mãe, a atriz italiana e a condessa Paola Mori, era a terceira esposa de Welles, disse que há muito tempo queria abrigar os itens de seu pai em um só lugar, mesmo que ele não ficasse muito feliz por onde eles acabaram.

foto

Uma carta com esboços de um adolescente Welles, datado de 8 de agosto de 1930, e escrito a bordo de um navio em Hong Kong, que ele descreveu como "uma surpresa maravilhosa." CréditoEstate de Orson Welles / University of Michigan Library, Special Collection

"Ele odiava qualquer coisa erudita", disse ela.
Mas a coleção da Universidade de Michigan já era impressionante, graças a extensas doações de, entre outros, Chris Wilson, filho de Richard Wilson, associado de longa data de Welles. "Quando eu vi o que eles tinham, eu pensei que este é o lugar para adicionar, e espero que as pessoas vão seguir o exemplo", disse Welles. "Com o que eu lhes dei, é provavelmente a melhor coleção do mundo."
Dois anos atrás, a universidade comprou, por uma quantia não revelada, oito caixas de papéis de Oja Kodar, uma atriz croata que foi parceira e amante de Welles nos últimos anos de sua vida.

foto

A primeira página do diário-esboço que Welles levou com ele em uma expedição da pintura a Ireland em 1931. Propriedade docréditode Orson Welles / biblioteca da universidade de Michigan, coleções especiais

A correspondência nova à coleção pinta um retrato de um Welles adolescente ebullient e eloquent, esboçando esboços dos burros durante uma viagem da pintura a Ireland, e escrevendo excitedly de embarcar em um navio em Hong Kong, que descreveu como "uma surpresa maravilhosa."
"E gosh, que navio isto é!", Escreveu o jovem Welles. "Eles falam de hotéis flutuantes em referência a forros, mas isso é mais."
Continue lendo a história principal
A aquisição da universidade vem semanas depois que a equipe de produção que trabalha para terminar o projeto final inacabado de Welles, "o outro lado do vento," anunciou que tinha teamed acima com Netflix , e estava na trilha, após anos dos ajustes e dos começos, Terminar a imagem.